sábado, 26 de dezembro de 2015

Adeus , 2015 !








Esse periodo de final/começo de ano é também tempo de reflexão. Onde eu estava nesse tempo todo? O ano passou voando, mal começou e já está prestes a chegar ao fim. 2015 está virando a esquina sem ao menos se despedir. Está quase na hora de colocar um vestido branco e revelar meus desejos mais íntimos enquanto os fogos de artifício iluminam o céu.
No último dia do ano passado, mal sabia eu o que seria desse ano. Apesar de ter escrito metas no bloco de notas do celular, preferi viver os próximos 365 dias sem roteiro. Sem esperar tanto daquele ano que mal tinha começado mas eu sentia que era especial. Dessa vez eu estava certa. 2015 foi um ano feliz.
Curtir as oportunidades é milhares de vezes mais fácil que se prender aos resultados. Foi mais ou menos o que fiz. Esqueci os lugares onde queria chegar e foquei no caminho. Deu certo. Colocar os sentimentos em primeiro lugar sempre foram uma boa ideia. Aproveitei o que tinha que aproveitar, estudei, me dediquei, dancei, abracei forte, viajei, chorei quando tudo fugia do controle, mas logo repunha um sorriso.
Uma vez me disseram que eu precisava ser mais sensata. Sou sagitariana, desculpa. Sou eu. Não seria eu se não tivesse feito isso ou aquilo. Não seria eu se não tivesse chorado de saudade antes mesmo de partir. Não seria eu se não tivesse vivido aquilo até o último segundo como se fosse pra sempre.

Outro dia abri sem querer o bloco de notas do celular e me deparei com minhas "metas" pra 2015. Eu poderia ter apagado na hora ou ignorado, mas fiquei ali, perplexa. O ano nem tinha acabado, mas tanta coisa ali eu já tinha realizado. Naquele momento meu coração bateu mais forte. Estava dando certo e eu nem tinha planejado. Não que seja ruim fazer planos, mas sair um pouco dos trilhos faz bem.
Aí me perguntam: "o que você espera de 2016?" e sinceramente ainda não sei. Vai ser um ano atípico. Sei dos desafios que terei que enfrentar, sei dos sacrifícios e das prioridades, mas não vou ficar pensando nisso agora, afinal o próximo ano não vai ser melhor ou pior por causa da combinação de seus números. A responsabilidade de vivê-lo é minha, sem pretensão nenhuma.
No fim, a regra é clara: não vamos viver como diz o roteiro, se é que existe roteiro.


Feliz ano novo!



Rebeca


10 comentários:

  1. Eu amo esse período, é mágico, parece que a gente muda sabe, entram boas energias e muda tudo!! Parabéns pela postagem!

    Meu novo projeto finalmente saiu, e eu te espero para conhecer e dizer o que achou. <3 Beijooooos!
    http://anaportoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que o próximo ano chegue repleto de coisas boas!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  3. Que o próximo ano chegue cheio de coisas boas
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia

    ResponderExcluir
  4. Também já estou em modo adeus 2015 e que venha um 2016 ainda melhor que este! :)
    Bom ano.

    http://fiftyshadesofpink.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
  5. Está quase, quase! Confesso que a virada de ano é uma época em que devemos, MESMO, esquecer o passado. O foco já está em 2016 :D

    Adorei o blog e a forma como escreves. Estou a seguir-te*

    NEW TIPS POST | DIY: New Year's Eve Photo Booth
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro essa época do ano, acho que é sempre uma oportunidade para as pessoas que tiveram um ano ruim poderem recomeçar e para as pessoas que tiveram um bom ano tentar se esforçar cada vez mais para conseguir coisas boas.
    Beijos

    Dia de Spa

    Youtube


    ResponderExcluir
  7. Que o próximo ano seja memorável também.
    http://retromaggie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. ha quem não gosta dessa epoca do ano me diz? aa todo clima amigavél todo mundo se amando por alguns dias aa que delicia, muita gente relemrando coisas lindas do ano que se passou .... a que esse ano seja lindo e incrivel para nos rsss
    adorei o post beijos
    www.rennataferreira.com

    ResponderExcluir
  9. É incrível como o tempo passa rápido demais. Eu gosto do final do ano pra rever o que consegui e tentar realizar no ano seguinte o que não fiz. Mas prefiro não dar muita atenção para as metas porque nunca consigo realizar todas elas. Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir